• Estrutura aplicada de acordo com a necessidade de cada cliente

  • Capacidade de execução e compromisso

Notícias

Manutenção preventiva elétrica

07/03/2018

Muitas pessoas pensam erroneamente que a falta de peças móveis significa poucos problemas podem acontecer com os sistemas elétricos. Mas a taxa de falha de componentes elétricos é três vezes maior para os sistemas sem programas de manutenção preventiva elétrica.

As principais causas por quase metade de todas as perdas elétricas são falhas de distribuição elétrica, conexões frouxas e exposição à umidade. Ambos os problemas podem ser corrigidos com um abrangente programa de manutenção elétrica preventiva (MEP). Devem-se considerar os seguintes fatores ao planejar um programa de manutenção:

Pessoal qualificado

As pessoas que realizam o seu programa de manutenção preventiva elétrica devem ser devidamente treinadas para lidar com o equipamento específico que está sendo mantido ou testado. Eles devem ter uma compreensão completa das práticas de segurança elétrica e procedimentos.

 Manutenção Programada

Os trabalhos de inspeção, testes e manutenção do equipamento devem ser feitos em uma base regular, pelo menos uma vez a cada três anos e com mais frequência com relação aos componentes críticos.

Relatório e ordem de manutenção

Para cada componente de circuito elétrico ou sistema elétrico a ser vistoriado e submetido à manutenção, é necessário que o eletricista, técnico de manutenção elétrica ou outro profissional emita uma ordem de trabalho e providencie o relatório após os serviços serem realizados. Estes documentos auxiliam a identificar as tarefas a serem desenvolvidas e quais sistemas já passaram por manutenção preventiva.

Execução do trabalho

Registros de sistema de manutenção claros, concisos e completos irão ajudar a garantir que todo o trabalho seja feito conforme o regulamento de segurança. Resultados dos testes de monitoramento ao longo do tempo também podem, muitas vezes, identificar uma falha em potencial que pode ser corrigida antes que ela aconteça.

A manutenção preventiva elétrica possui alto custo-benefício, uma vez que melhora a eficiência do equipamento e reduz as contas de serviços públicos. O sistema de distribuição de energia elétrica não deve ser negligenciado. Um programa de MEP deve ser considerado antes que uma falha em circuitos elétricos ocorra e cause acidentes, além de ser algo muito dispendioso.

 


Fonte texto e Imagem: Mecanicaindustrial.com.br

Mais Notícias